O rei está nu? Um conto para crianças ou adultos?

A roupa nova do rei é um conto que relata o caso de um rei muito vaidoso, que após ter sido enganado e acreditando estar vestido com uma roupa que só poderia ser vista por pessoas inteligentes, apresentou-se nu aos demais. As outras pessoas inicialmente fingiram estar vendo a roupa do rei para não contraria-lo, entretanto, uma criança comenta o que os demais negavam-se a fazer, ou seja, o rei estava nu. Dentre as questões que podemos destacar neste conto, vamos priorizar a necessidade de aprovação por parte dos demais e a busca pelo olhar do outro, neste caso o rei vaidoso não mede esforços para ser visto e admirado pelas outras pessoas, seu desejo era que todos comentassem sobre o seu traje. Por outro lado, os súditos observaram que o rei estava nu, entretanto, acompanharam o grupo que fingiu ver a roupa do rei, muitos elogios foram feitos a roupa do rei, pois, soubesse que o mesmo desejava identificar aqueles que não eram inteligentes para destitui-los de seus cargos, a intimidação e a situação contraditória incapacitava as pessoas e impossibilitava uma reação, de forma que todos docilmente seguiam o rei, mesmo que isso significasse negar a forma como observavam a realidade. Tanto o rei quanto os seus súditos, regrediram e apresentaram aspectos infantis, a população submetia-se a um rei que tal como um pai isentava seus filhos da responsabilidade de ver a realidade e agir de acordo com a mesma. Entretanto, quando menos se esperava uma criança, que ainda não estava envolvida com o comportamento que predominava entre a população fez ouvir o óbvio. Ao constatar que havia sido enganado o rei continuou a farsa, a voz da criança se fez ouvir, porém, não foi suficiente para iniciar um processo de mudança no comportamento do vaidoso rei, que por fim atingiu o objetivo de provocar comentários sobre sua vestimenta. Afinal como diz o ditado, falem bem ou falem mal, mas falem de mim.

Published by

Ana

Sou psicóloga, professora universitária, mestra em psicologia clínica e questionadora de fatos e condições que limitam o ser humano.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s